Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

AVISO

TROTES ABUSIVOS

Prezados Estudantes do IGE,

A Direção desta unidade gostaria de informar que o trote como maneira de os alunos ingressantes de 2018 ("Calouros") muitas vezes pode extrapolar o limite do aceitável, pois expõem a constrangimentos e até riscos de danos físicos e/ou psicológicos estes novos alunos. Reiteramos que estão proibidos quaisquer tipos de abusos e situações perigosas, tais como a prática de "pedir moeda em semáforos", pois estes estudantes ficam vulneráveis e em situação de risco. Temos incentivado e promovido atividades alternativas, visando a substituição de práticas abusivas de trote, tais como o Trote Ecológico, através do plantio de árvores e o Trote Solidário, com doação de sangue entre outras, além da programação da recepção geral aos Ingressantes com apoio da PROEG e das faculdades do IGE.

Destacamos que para configurar violência não é necessário que se deixe marcas físicas, bastando que o ato atinja a “dignidade da pessoa humana”, o princípio de Direito mais basilar da nossa Constituição, fundamento da nossa República (art. 1º, III, Constituição Federal).

Tais atos de violência não devem ser entendidos como “brincadeira”. São atos de tortura, que na maioria dos casos deixam marcas que o tempo não apaga e podem, até mesmo, configurar bullying. É absolutamente inaceitável que um veterano imponha condutas aos calouros que venham a lhes causar danos à saúde, à vida ou os atinjam em sua dignidade.

Os atos praticados nos trotes podem configurar diversas infrações penais, como, por exemplo, lesão corporal (art. 129, Código Penal), injúria (art. 140, Código Penal), ameaça (art. 147, Código Penal), constrangimento ilegal (art. 146, Código Penal)

É importante que o calouro saiba que ele pode recusar-se a participar do trote e, se for necessário, chamar a polícia. É importante, antes, tentar dialogar com os veteranos. O diálogo é ainda a melhor saída. Seja por motivos pessoais, profissionais ou religiosos, explique suas razões ao grupo. Na maioria dos casos, há alguém entre os veteranos que respeita as liberdades individuais.

Você quer mesmo ser amigo de pessoas que lhe aplicam trotes? Quer se tornar um deles no futuro e perpetuar essa “tradição” estúpida? Pode ter certeza absoluta que você vai encontrar pessoas como você na faculdade, não precisa se adequar a nenhum padrão. Aliás, ao tentar adequar-se você estará, consequentemente, distanciando-se das pessoas mais parecidas com você. Não faça isso. Aguente firme e foque no objetivo maior: estudar e tornar-se um bom profissional. Boa sorte!

registrado em:
Fim do conteúdo da página